Um sentido OBRIGADO a todos os Professores Contratados portugueses!

Comemora-se, hoje, dia 5 de outubro de 2016, mais um dia Mundial do Professor.

A ANVPC – Associação Nacional dos Professores Contratados, aproveita, este ano, para realçar o trabalho desenvolvido, nas escolas públicas portuguesas, pelos Docentes Contratados a termo.

Ainda que muitas das vezes em situações profissionais muito precárias, com horários reduzidos e lecionando em locais do país distantes de onde residem as suas famílias (os seus cônjuges, os seus filhos, …), estes docentes dedicam-se com todo o afinco, e energia, às funções que lhes são distribuídas, relegando, para segundo plano, muitas condicionantes adversas, que para muitos outros profissionais se transformariam em fortes (e justificados) motivos de renúncia. Nessa medida, resiliência, empenho e dedicação têm sido qualidades que encontramos consecutivamente nos contactos realizados, ano após ano, com milhares de Professores Contratados que têm procurado o nosso apoio para a resolução urgente das suas dúvidas e dos seus dilemas.

Ainda que tais exemplos de excelência não se cinjam apenas a Docentes Contratados a termo, neste dia Mundial do Professor gostaríamos de deixar uma palavra de profundo agradecimento a este nicho de profissionais, pela sua capacidade de resistência, ao longo dos anos, sem que lhes tenha sido, por parte da tutela, ainda concedido o efetivo, e justo, direito à merecida estabilidade profissional e pessoal.

A ANVPC continuará a desenvolver, com a resiliência que lhe é caraterística, uma incessante caminhada rumo ao fim da precariedade docente de longa duração, discutindo (com propostas objetivas), com todos os parceiros educativos, soluções para a resolução dos principais problemas da Educação portuguesa, e, concretamente, dos Professores Contratados. Nos últimos meses tem sido novamente realizada uma importante, e cirúrgica, ronda de reuniões e de encontros de trabalho com os mais importantes intervenientes políticos e educativos, e entregues (e discutidas) várias propostas, devidamente sustentadas em estudos (com base nas listas públicas de colocação), procurando a construção dos modelos mais justos e equitativos (e que possam diminuir o impacto perverso de medidas avulsas, e iníquas, legisladas pelo anterior Ministério da Educação e Ciência).

Tal como referia Fernando Pessoa “A força não provém da capacidade física, mas sim de uma vontade indomável.” Todos juntos, e imbuídos dessa vontade endógena, continuaremos o trabalho pela defesa da excelência do sistema educativo, pela valorização do trabalho e da profissão docente, pelo reconhecimento e dignificação da importância da Escola Pública para o sucesso dos nossos jovens e, consequentemente, para o desenvolvimento de Portugal.

Neste dia especial, o nosso MUITO OBRIGADO a todos os Professores portugueses, e, em especial, a todos os Professores Contratados!

A direção da ANVPC