Liderança na promoção de ambientes educativos inclusivos (910, 920, 930)

Designação: Liderança na promoção de ambientes educativos inclusivos

Registo: Registo de acreditação CCPFC/ACC-123073/24

O Centro de Formação da Associação para Formação – ATE XXI é Entidade Certificada pelo CCFPFC com o registo n.º CCPFC/ENT-NI-0192/23.

Inscrição: Turma completa.

Se tiver interesse numa nova edição, contacte formacaoanvpc@gmail.com

Formador: Eduardo Marinho

Objetivos:          

  1. Identificar práticas de gestão e organização pedagógica, à luz dos normativos e dos documentos de referência, que orientam as políticas de inclusão.
  2. Explorar os fatores e variáveis que se constituem como obstáculo à inclusão, na escola e na sociedade.
  3. Consolidar uma perspetiva de abordagem integrada das práticas que concorrem para a inclusão.
  4. Refletir sobre a relevância das aprendizagens informais e os meios de as incorporar na promoção de ambientes educativos favoráveis à participação de crianças e jovens na condução do processo educativo.
  5. Promover estratégias de otimização da participação dos alunos na vida da escola.
  6. Elencar mecanismos de promoção do envolvimento das famílias na criação de ambientes inclusivos.
  7. Equacionar os termos da cooperação interinstitucional (escolas, escolas-autarquias, escolas-ONG, escolas-administrações, etc.) em ordem à inclusão.
  8. Refletir sobre instrumentos de monitorização das práticas de inclusão, ponderando a relevância das várias dimensões de funcionamento das organizações escolares neles representadas.

Conteúdos:       

  1. Enquadramento teórico e normativo

1.1. Quadro conceptual

Os direitos humanos e as políticas de inclusão.

Justiça distributiva e éticas do cuidado.

Tradução dos princípios de justiça em direitos e capacidades.

O projeto Strength Through Diversity e a diversidade dos públicos na educação escolar: dimensões da diversidade; abordagens multinível da diversidade em educação.

1.2. Quadro normativo de referência

Os Decretos-Lei nº 54/2018 de 6 de julho (na sua redação atual) e n.º 55/2018, de 6 de julho (e respetivas Portarias).

O Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.

Autonomia e responsabilidade dos decisores locais: interpretação dos normativos; as margens de autonomia potenciada pela portaria n.º 181/2019, de 11 de junho, na sua redação atual.

Documentos curriculares e instrumentos de autonomia dos AE/ENA.

1.3. Dimensões organizacionais das políticas de inclusão – exercício exploratório

[trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 1.1. e 1.2.]

  1. Concretização das políticas de inclusão

2.1 As escolas e as práticas

A inclusão em contexto: modelos educativos e conceções de cidadania e equidade.

2.2. Os agentes sociais das práticas de inclusão

Pessoas, instituições, ambientes de aprendizagem.

Cooperação interinstitucional em ordem à inclusão.

2.3. Os recursos para a inclusão

A identificação e gestão dos recursos (humanos, materiais, institucionais) e a sua potencialização na promoção da escola inclusiva.

2.4. Contextos de interação socioeducativa na perspetiva da inclusão: a sala de aula e ‘o resto’ – exercício exploratório

[trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 2.1., 2.2. e 2.3.]

  1. Conhecer, partilhar, decidir

3.1. Conhecer e cooperar com as pessoas e as instituições.

3.2. Conhecer, estimular e proteger as crianças e jovens: princípios, métodos, instrumentos.

3.3. Conhecer para transformar: dos instrumentos de suporte à monitorização às modalidades de participação de professores, pais e alunos nos processos de decisão – exercício exploratório.

[trabalho com os formandos, orientado pela abordagem prévia dos pontos 3.1. e 3.2.]

  1. Avaliação

Apresentação e discussão dos trabalhos/produtos finais dos formandos.

Modalidade: Curso de Formação (e-learning)

Carga horária:   25h (17h síncronas, 8 assíncronas)

Destinatários: Este curso de formação releva para o disposto nos artigos 8 e 9 do Decreto-Lei n.º 22/2014 que estabelece o regime jurídico da formação contínua de professores. Abrange a dimensão científica e pedagógica dos grupos de recrutamento 910, 920 e 930.

Este curso de formação releva para o disposto nos artigos 8 e 9 do Decreto-Lei n.º 22/2014 que estabelece o regime jurídico da formação contínua de professores. Abrange a dimensão científica e pedagógica dos grupos de recrutamento 910, 920 e 930.

Calendarização: 10/04/24 (18h-21h); 17/04/24 (18h-20:30h); 24/04/24 (18h-20:30); 08/05/24 (18h-20:30h); 15/05/24 (18h-20:30h); 22/05/24 (18h-20h); 29/05/24 (18h-20h).

Pagamento: Associados 40€; não associados 85€

Transferência para a conta IBAN: PT50 0036 0262 99100029442 20 (Envie comprovativo para formacaoanvpc@gmail.com)

Notícias relacionadas